Home / Mundo Geek / Cinema / Resenha: O Rei Leão 2019

Resenha: O Rei Leão 2019

No final de semana passado, fui conferir a nova versão de O Rei Leão, novo live action da Disney.

Você provavelmente conhece muito bem a história do filme, assim como as canções e os personagens tão marcantes, então, vou ressaltar aqui os principais pontos que chamaram minha atenção e que acho interessante a discussão.

PONTOS A OBSERVAR

Fidelidade frame a frame

A introdução do filme é uma reprodução perfeita da icônica introdução do primeiro filme, com uma versão repaginada, porém igualmente bela, de O Ciclo Sem Fim.

A essência se mantém, quase sempre

A essência da maioria dos personagens foi bem mantida e podemos notar o cuidado que a Disney tomou para não alterar de forma alguma a personalidade dos personagens principais, em especial Mufasa e Simba.

Scar também manteve o ar irônico e malvado, mas sua aparência levantou questionamentos perante o público. Sua canção principal, Se Preparem, sofreu algumas alterações, provavelmente por conta das polêmicas envolvendo Hitler e o nazismo na primeira versão.

Porém, algo que me chamou a atenção foram as hienas, desta vez, elas parecem bem mais sérias e assustadoras. Embora ainda reservem algumas cenas cômicas, Shenzi, por exemplo, mete mais medo que o próprio Scar.

E não tem como não mencionar a melhor dupla do filme: Timão e Pumba! O visual realista dos dois nessa nova versão pode causar estranheza a primeira vista, mas bastam algumas palavras para a nostalgia vencer e os dois ganharem nossa simpatia.

A cena trágica da morte de Mufasa ainda foi capaz de arrancar lágrimas de algumas pessoas na sala do cinema, mas acredito que o impacto não tenha sido maior por a maioria já conhecer e esperar tal acontecimento.

Finalmnte, HAKUNA MATATA!

Com certeza, um dos momentos mais esperados pelos fãs de O Rei Leão é a execução da amada Hakuna Matata. A nova versão, apesar de não divergir muito da primeira, dividiu opiniões entre o público, principalmente pelo novo estilo de cantar de Simba.

Porém, nós brasileiros agora podemos comemorar a correção feita na palavra hakuna, que por algum motivo nunca confirmado passou a ser hatuna por aqui.

A dublagem polêmica

Basta gastar alguns minutos olhando os comentários do material de divulgação online do filme para ver quanta gente não se agradou da atual dublagem de O Rei Leão, seja pelo apelo nostálgico ou pela falta de identificação com as vozes escolhidas.

A versão 2019 de Nesta Noite o Amor Chegou continua bonita. Eu assisti o filme apenas na versão dublada, e posso dizer que Iza e Ícaro Silva fizeram um bom trabalho! Estou curiosa para conferir a versão em inglês com Beyoncé e Donald Glover.

Pumba contra o Bullying

Uma cena que achei muito interessante e que difere da original, é a da parte onde Timão afugenta as hienas, aquela do “Sr. Porco“. O diálogo dessa cena agora mostra um Pumba reagindo contra o bullying ao ser chamado de gordo por uma das hienas.

MINHA OPINIÃO

Se você já é fã de O Rei Leão na versão original, certamente não irá se decepcionar com o remake, pois ele se mantém fiel ao clássico de 1994, sem muitas surpresas e adaptações. Agora, se você esperava por elemento novo ou aquele “algo mais“, pode ser que ache o filme um tanto morno ou que carece de um pouco mais de expressividade.

A verdade é que, O Rei Leão se conecta à proposta de levar a animação a um ambiente realista e com ares de documentário e ir ao cinema esperando mais que isso, é pedir para se frustrar.

Ainda assim, é uma ótima maneira de apresentar esse clássico para as novas gerações, com uma aparência que talvez eles se identifiquem mais e quem sabe, essa versão marque a infância deles assim como a versão de 1994 marcou a nossa.

Quando a Disney anunciou o remake de O Rei Leão, um dos maiores temores do público foi o de que as mudanças pudessem interferir de alguma forma na história original, mas felizmente, podemos observar um grande respeito pelas origens desse filme tão encantador.

Eu adoraria saber a sua opinião sobre a nova versão de O Rei Leão! Faça um comentário 😀

Related Post

Comments

comments

About Raissa

Check Also

Feliz Ano Novo

Canal Mamãe e Geek no YouTube

Ainda dá tempo de desejar um feliz ano novo à vocês!? Em todo caso, feliz …

13 comments

  1. Eu assisti essa semana no cinema e foi uma sensação maravilhosa! Foi muito emocionante! A história é super fiel, leve e linda. Enquanto lia sua resenha, me identifiquei MUITO com tua forma de pensar, pois senti o mesmo. Inclusive se me permitir, me senti inspirada para fazer um post no meu blog semelhante ao teu. As hienas me deram muito medo e sinceramente, eu amei o novo “Se prepare” do Scar! Não tive decepção nenhuma, foi um dos melhores filmes que já pude assistir!❤❤❤

  2. A primeira vez que assisti Rei Leão foi a live action, ontem foi que assisti a animação pra fazer algumas comparações, pode se dizer assim. Eu gostei bastante das duas versões mas não sei dizer qual gostei mais.

  3. Sério que era hatuna que cantavam aqui? Eu sempre cantei Hakuna, AHUSHAUHSU. Legal saber que houve respeito ás origens do filme. Ainda não conferi o filme, mas logo quero fazer isso.
    Gostei muito da sua resenha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥
    ☆ Tem post novo e seria ótimo se você clicasse em um dos links azuis do texto para conhecer a parceira do blog>> Versáteis e Democráticas: T-shirts!

  4. Gostei de saber que se manteram fiéis a muita coisa. Este foi um filme da minha infância e não deixa de ser estranho vê-lo de forma tão realista, mas é sempre bom para relembrar.

  5. Estou muito animada para assistir! Quero ver a versão legendada só pra poder ouvir a voz da Beyoncé hahaha! Mas li muitos comentários mesmo dizendo que a dublagem brasileira deixou a desejar 🙁 uma pena!

  6. O que mais tô gostando desses remakes feitos pela Disney é justamente o que muita gente critica: a proposta de reinventar o clássico, trazendo características que são necessárias ao público contemporâneo. Sendo assim as coisas que mais tô animada pra ver em O Rei Leão (que ainda não consegui, aaah) são justamente as diferenças que tão causando tanto incômodo! Ah, gente, se fosse pra ficar 100% idêntico é só assistir à animação, né? Vamos respeitar o passado, que pela sua descrição foi feito lindamente, mas abraçar com amor também o presente e futuro!

  7. olá!
    Nunca assisti acredita? Meu filho pediu para assistir, deve ser bem legal.
    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *