Home / Mundo Geek / Livros / As Brigadas Fantasma – Resenha

As Brigadas Fantasma – Resenha

Pouco mais de um mês depois de eu ter postado a resenha de Guerra do Velho, chegou a vez de falar um pouquinho sobre sua sequência As Brigadas Fantasma de john Scalzi.

As Brigadas Fantasma

SOBRE O LIVRO:

  • Título: As Brigadas Fantasma
  • Autor: John Scalzi
  • Editora: Aleph
  • Gênero: Ficção científica, Ficção Militar, Space Opera
  • Páginas: 376
  • Sinopse: Na continuação do premiado livro Guerra do Velho, a tenente Jane Sagan descobre uma armadilha sendo tramada contra a humanidade e um plano para a subjugação e a erradicação de sua espécie inteira. É um genocídio planejado detalhadamente com base na cooperação, até então inédita, entre três raças. E um ser humano.

Para lidar com essa trama, as Brigadas Fantasma, com soldados que já nascem com o propósito de proteger a raça humana, precisam entrar em ação. Passando por conflitos de identidade, mas com um forte senso de companheirismo, esses soldados serão liderados por Jane Sagan, que precisa impedir uma guerra entre espécies enquanto lida com um fato preocupante: em meio a suas fileiras, pode haver um traidor.

Com a escrita dinâmica, leve e inteligente característica de John Scalzi, As Brigadas Fantasma discute questões éticas e de identidade enquanto envolve o leitor na história de uma grande conspiração política e bélica.

As Brigadas Fantasma

MINHA OPINIÃO:

Depois de ter me cativado com simpático John
Perry
de Guerra do Velho, John Scalzi me surpreendeu ao mudar completamente o foco da história em As Brigadas Fantasma.

Como o nome já sugere para quem leu o primeiro livro, o enredo se concentra muito mais nos personagens da Brigada Fantasma da FCD. E quando pensávamos que Jane Sagan seria a grande protagonista da vez, somos apresentados a um novo e intrigante membro: Jared Dirac.

Falar sobre Jared sem dar spoiler é muito difícil, mas com certeza é um personagem tão ou mais carismático que John Perry, porém com vida e personalidade bem diferentes.

Pontos altos e pontos baixos:

Jared nasceu, ou melhor, foi criado com um propósito obscuro como um tiro no escuro, mas toda a sua descoberta trouxe aos leitores novamente aquelas questões filosóficas e necessárias sobre a vida, nosso futuro como humanidade e nosso caráter. Nos faz pensar e repensar muitas coisas e ter uma nova perspectiva sobre muitas delas e isso é o que eu mais amo no jeito de Scalzi escrever.

Esse livro está divido em duas partes, e pra mim, a parte 1 ficou um tanto monótona devido ao maior espaço dado a uma narrativa mais militar americanizada, o que é um ponto baixo para quem não é muito fã desse gênero, como eu, porém, é algo esperado em um livro cujo título tem “brigadas” no nome, não é?

A parte 2, em compensação, concentra muito mais desenvolvimento e acontecimentos que de fato moldam a história de As Brigadas Fantasma, fazendo com a leitura fique empolgante e nos deixando mais curiosos a cada capítulo.

Apesar de John Perry não ter participado em As Brigadas Fantasma, um gancho excelente (ao menos ao meu ponto vista), foi inserido, ligando-o à trama novamente e abrindo espaço para sua participação na terceiro livro da saga Guerra do Velho, chamado A Última Colônia, lançado esse ano aqui no Brasil.

Eu nem preciso dizer que estou curiosíssima para ler A Última Colônia (me nota, dona Aleph!!!) e além de indicar a leitura de As Brigadas Fantasma, indico também o twitter do autor John Scalzi, que demonstra ser um cara muito engraçado e está sempre postando por lá. 🙂

Related Post

Comments

comments

About Raissa

Check Also

o rei leao

Resenha: O Rei Leão 2019

No final de semana passado, fui conferir a nova versão de O Rei Leão, novo …

One comment

  1. Não conhecia o livro. Achei bem interessante.
    Já vou por na minha lista.
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *