Home / Vida de Mãe / Dicas e Ideias / Verão: o bebê na praia

Verão: o bebê na praia

E não é que verão já está logo ali? Apesar de o calor ainda não ter chegado com força em São Paulo, o clima de fim de ano e férias já está crescendo, junto com nosso desejo por uns dias curtindo uma praia. A estação mais quente do ano pode ser curtida de uma ótima maneira, desde que tomemos os cuidados necessários, não é mesmo? E quando se tem um bebê, esses cuidados devem ser dobrados! Por esse motivo, achei interessante resgatar mais um post do meu antigo blog para o Mamãe e Geek: o bebê na praia. Nesse post eu relatei toda a minha experiência com o bebê no verão e dei algumas dicas que funcionaram para mim. Espero que essas informações sejam tão úteis para vocês quanto foi para mim 😉

 

bebê na praia

OS CUIDADOS

O primeiro cuidado que temos que ter é com o horário. Não basta apenas evitar a exposição ao sol nos horários em que ele está mais forte (10h às 16h/horário normal, 11h às 17h/horário de verão) e usar protetor solar, mas também é preciso respeitar os horários do seu bebê. Pense na rotina do seu bebê: ele vai querer se alimentar, vai querer brincar e vai querer dormir, então lembre-se da regra “quanto mais tempo for passar na praia com o bebê, mais coisas terá que levar”.

Procure sempre pela sombra! Por mais que o sol esteja fraquinho, ou até mesmo em um dia nublado, é importante estar protegido, experiência própria!

Cuidado com os insetos! Como a gente tem que ficar na sombra, é normal aparecerem insetos (como borrachudo, por exemplo) doidos para picar a gente e os bebês.

Eu costumo levar o carrinho do bebê para a praia, então quando ele dorme, cubro com o mosqueteiro. O bebê conforto também é uma opção, mais prática, inclusive.

O QUE LEVAR?

Tudo depende de quanto tempo você pretende passar na praia. Para poucas horas, basta levar o básico:
– Protetor Solar: os médicos não recomendam o uso de protetor solar antes dos 6 meses por receio de que o bebê possa ter alguma alergia, então, antes dos 6 meses o melhor é manter o bebê na sombra a maior parte do tempo, não passando dos 30 minutos de exposição nos horários de menos intensidade.

– Chapéu: nunca leve seu bebê à praia sem esse item! Mesmo com o sol fraco ou nada de sol. O couro cabeludo dos bebês é muito sensível e qualquer solzinho já queima.

Uma roupinha leve: é legal deixar o bebê só de fralda ou calcinha/sunguinha durante as atividades na água, mas lógico que uma hora eles vão ficar de saco cheio dela e vão querer sair. Nessa hora é sempre bom colocar uma camisetinha leve, ou algo para cobrir o peito e costas do bebê, por conta do ventinho.

– Comidas e bebidas: se o seu filho não mama mais no peito, obviamente você irá levar outras opções de líquido para ele. No entanto, tanto para as bebidas quanto para alguma comidinha que você for levar, preste muita atenção na temperatura delas! Uma bolsa térmica é uma ótima opção.

Algumas fraldas: é bom deixar o bebê sem fralda ou usar aquelas fraldinhas próprias para o uso na água, porém não deixe de levar pelo menos uma fralda extra. Se o seu bebê costuma fazer cocô no mesmo horário todos os dias, deixe uma fralda reservada para colocar no horário aproximado! Também é uma boa ideia levar uma para a hora de ir embora.

– Toalha ou roupão, se o seu bebê for dos chics 😉

– Esteira (ou algo equivalente para o bebê descansar): mesmo que você leve carrinho, é legal levar também algo para acomodar o bebê nos intervalos das brincadeiras, principalmente porque muitas vezes o bebê não vai querer entrar no carrinho.

– Repelente: repelentes comuns, mesmo os “kids” não são recomendados antes dos dois anos de idade, porém algumas marcas possuem loções específicas para bebês a partir de 6 meses.

– Sacolinha para lixo: a melhor amiga na hora de descartar as fraldas, lencinhos, embalagens e todo tipo de lixo que a gente produz com nossos filhos na praia.

Se você pretende ficar por bastante tempo, é bom levar também:
– Um “kit troca de fralda”: com fraldas, lenços umedecidos e um trocador de bolsa. Se você estiver de carro, pode deixar essas coisas guardadas e só usar se houver necessidade.
– Brinquedinhos de praia: como aqueles baldinhos com pás ou o mordedor favorito.

Opcionais que quebram MUITO o galho:
– Carrinho de bebê ou bebê conforto: ajuda muito naqueles momentos em que bate o sono ou o seu bebê simplesmente não quer mais brincar na água.
– Piscininha inflável: a melhor maneira de fazer com que os menorezinhos aproveitem a praia, sem ficar muito expostos ao sol e sem se sujar de areia!

Comments

comments

About Raissa

Check Also

My Home Party

My Home Party – Teste produtos gratuitamente

Você gosta de testar produtos de grandes marcas gratuitamente e está sempre de olho nas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *