Home / Vida de Mãe / Resenha: Carros 3 + criança no cinema

Resenha: Carros 3 + criança no cinema

Não é segredo pra ninguém que eu estava super animada para assistir ao Carros 3, pois meus filhos (principalmente o Raul) adoram e eu acabei me apegando também. Além disso, fazia um bom tempo que a gente não ia ao cinema em família, então aproveitamos uma sexta-feira a noite, última sessão, para finalmente assistirmos ao lançamento da Disney/Pixar. E agora eu finalmente tive tempo para escrever a resenha de Carros 3!

Carros 3

 

Sobre Carros 3

Eu confesso que nem tinha assistido ao trailer oficial para evitar os spoilers, tinha visto só alguns vídeos curtos em que mostravam as cenas do acidente. Recomendo a você assistir ao trailer antes de prosseguir com a leitura:

Como sempre acontece com os filmes da Disney/Pixar, Carros 3, que teve sua estréia em 13 de Julho, está cheio de ação e personagens que o público se identifica ou se sente envolvido de alguma maneira e claro, aquela senhora lição de moral.

Foi muito fofo ver a reação das crianças quando o Relâmpago McQueen aparece com a sua frase clássica “eu sou a velocidade!“.

Ele ainda mantém aquele espírito aventureiro e confiante, mas logo nas primeiras cenas nós podemos observar um McQueen um pouco mais maduro e experiente. Podemos perceber também que a atmosfera no mundo dos corredores, no ponto de vista do nosso protagonista, não é apenas focar na competição, mas também se divertir com os companheiros de corrida.

 

Os novos corredores e o acidente

Nós sempre vimos o McQueen como “um instrumento preciso de velocidade e aerodinâmica” (mãe de quem???), porém, no mundo de Carros a tecnologia também avança com rapidez e os novos corredores e treinamentos evoluíram muito tecnologicamente, deixando nosso querido Relâmpago meio ultrapassado.

Por ele ser um carro de corrida famoso, muitos dos novos corredores, principalmente a nova sensação das corridas, Jackson Storm, sonham em vencê-lo e fazer com que ele se aposente. Mas nós sabemos que, se tem uma coisa que o McQueen não faz é desistir (lembram dele tentando a tal da curva na areia?).

Como já mostrado no trailer, é no meio de uma daquelas calorosas corridas que o seu destino é traçado como aconteceu com o Doc e o Rei: um grande acidente que poderia dar um fim em sua carreira. :O

Após esse momento nós podemos ver um McQueen deprimido e isolado, porém sempre contando com o apoio de seus amigos de Radiator Springs, que o fazem perceber que é hora dele se adaptar as novas tecnologias, se quiser continuar no mundo das corridas.

 

Ele vai se aposentar?

Surge então a oportunidade ideal para que ele retorne as corridas: a Rusteze, que agora mudou de dono e é a número 1 em tecnologia, decide apostar alto no número 95 e coloca a treinadora Cruz Ramirez, que tem uma personalidade enérgica e cativante, para treinar McQueen. Porém, parece que o nosso amigo Relâmpago McQueen não se adéqua muito bem ao treinamento imposto pela nova Rusteze e decide fazer as coisas a sua maneira, como última tentativa.

As coisas não saem bem como ele planejava, ele se mete em confusões (para variar) junto com Cruz Ramirez e acaba ficando frustrado com a pressão e o medo de virar apenas um “garoto propaganda”. E para colocar mais lenha nessa fogueira, o eterno rival de McQueen, Chick Hicks, agora é um apresentador de TV e sua principal atração é, com o auxílio de sua repórter Natalia Certeza, fazer previsões sobre os possíveis ganhadores das corridas, além de tirar um sarro e dar muitas alfinetadas no Relâmpago.

A última chance

McQueen, que está sempre lembrando de seu mentor Doc Hudson, decide então ir buscar a ajuda de quem o ensinou o Doc, e quando finalmente encontra Smokey e outros amigos, procura ouvir seus conselhos e até saem correndo em uma floresta no meio da noite.

Enquanto tudo isso acontece, nós vamos descobrindo um pouco mais sobre Cruz Ramirez. Essa personagem me surpreendeu muito, e de forma muito positiva. Sinto que ela era aquilo que a franquia Carros precisava, e veio na melhor hora. Tenho certeza que a história dela emocionou muita gente, assim como me emocionou. Ela é uma grande amante das corridas e tinha grandes sonhos. Mas como ela se tornou treinadora? Isso você descobre assistindo a Carros 3!

Eu não esperei a cena pós-créditos, pois eu não sabia se tinha e o shopping já estava fechando (quando o filme acabou já passava da meia-noite), mas o filme TEM SIM cena pós-créditos e alguém já fez a bondade de postar no YouTube. :p

Um filme para todos

O final do filme foi uma surpresa muito agradável e abriu portas para que ainda mais histórias sejam exploradas no universo Carros. A lição (que eu não contarei aqui ainda) que o filme nos passa é tão bonita e importante que fez valer a pena cada minuto do filme.

Infelizmente, Carros ainda é tratado como um filme “para meninos”, mas algo me diz que depois de Carros 3 esse pensamento irá mudar. Eu recomendo esse filme a todas as crianças E adultos independente do gênero.

 

Dublagem de Carros 3

Eu tenho que dar os parabéns aos responsáveis pela dublagem de Carros 3. O filme estava muito bem dublado e as adaptações foram sensacionais!

Eu tinha torcido o nariz quando soube que alguns youtubers dublariam personagens, mas na hora nem notei quem foi, isso é um sinal de trabalho bem feito.

Tenho também que dizer que me surpreendi com a dublagem da Cruz Ramirez. Passei o filme todo tentando decifrar quem era a dona daquela voz meio rouca e não consegui. Pesquisando em casa descobri que é a atriz Giovana Ewbank! A Natalia certeza também ficou com uma dublagem muito legal, afinal a pessoa que emprestou sua voz tem tudo a ver com a personagem: Fernanda Gentil.

 

Ficha técnica:

Título original: Cars 3

Ano: 2017

Diretores: Brian Fee

Estreia: 13 de Julho de 2017

Duração: 107 minutos

Gênero: Animação, Aventura, Comédia

Origem: Estados Unidos da América

 

Criança pequena no cinema

Agora falando sobre levar crianças pequenas ao cinema. Eu já comentei um pouquinho sobre a primeira vez do bebê no cinema nesse post, clique para acessar.

Tenho observado que está cada vez mais comum a presença dos pequenininhos nas salas de cinema quando temos animações em cartaz e isso é muito bom! Quando o Raul foi pela primeira vez, a experiência foi boa, apesar de ele ter dormido quase o tempo todo.

Dessa vez, agora com 3 aninhos, ele etá bem mais ativo e se virando sozinho, então tudo foi muito diferente. Para começar, ele passou quase o tempo todo sentado na própria cadeira, prestando atenção no filme (que tinha sido surpresa pra ele), porém em alguns momentos ele quis levantar ou ir para o meu colo. Em nenhum momento ele se demonstrou inseguro ou com medo da sala escura.

Ele também levou com ele um Relâmpago McQueen pequenininho (e o colocou no apoio de braço para que ele também pudesse assistir <3 ) e um suco, o que acabou distraindo-o em alguns momentos e ajudou a fazer com que ele não se cansasse de ficar sentado ali, então fica a dica para quem quer tentar levar sua criança para assistir também.

Ao final do filme ele estava realizado e não parava de falar no “Carros 3”. Tiramos uma foto as pressas e ficamos feliz por ter feito esse programa em família.

 

Related Post

Comments

comments

About Raissa

Check Also

mãe síndrome do pânico

Ser mãe com Síndrome do Pânico

Ser mãe (e pai) por natureza já é um desafio. Ao mesmo tempo em que …

8 comments

  1. A Sally não está no filme? Senti falta dela e do Mate no trailer :/. Não vejo a hora de poder assistir! Amo Cars, amo a trilha sonora do primeiro filme e já perdi as contas de quantas vezes vi o primeiro, haha. beijos.

    • Oi, Grazy!
      A Sally está no filme sim, mas não aparece tanto quanto no primeiro Carros 😉
      Realmente, a trilha sonora do primeiro é imbatível!

      Beijo :*

  2. Minha cunhada levou meu sobrinho, que também tem 3 anos, para assistir esse filme e é legal ver que eles começam a prestar atenção na história, né?
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

  3. Eu to louca pra ver esse filme! Desde que vi o trailer, achei mega tenso, eu e minha irmã ficamos no cinema quando vimos pela primeira vez “maaaaaaaaano” foi quase mais empolgante que o filme que iriamos ver (que já nem lembro mais qual era). Desde pequenas gostamos de Carros (e da Dsney no geral) por isso tenho muitas boas esperanças para esse filme <3

    Bites!

  4. Eu fui assistir Carros porque é minha animação favorita, já vi os outros dois várias vezes e tenho coleção das miniaturas! Eu simplismente amo! Chorei do começo ao fim com cada lembrança que esse filme trouxe dos outros dois! <3

  5. São animações infantis, mas conquistam o coração até mesmo dos adultos, e eu sou uma, confesso. Legal que mesmo nesses filmes destinados ao público mais infantil, podemos ver os personagens amadurecendo. Sou apaixonada por essa animação e mal posso esperar pra ver esse filme <3

  6. Foi uma das melhores resenhas de um filme de animação que já li, parabéns!
    Eu estou louca pra ver Carros 3, Carros é um dos desenhos que eu mais amo, acho divertido, leve, e como você disse, para todos os gêneros e idades!
    Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *