Home / Vida de Mãe / Resenha: Carros 3 + criança no cinema

Resenha: Carros 3 + criança no cinema

Não é segredo pra ninguém que eu estava super animada para assistir ao Carros 3, pois meus filhos (principalmente o Raul) adoram e eu acabei me apegando também. Além disso, fazia um bom tempo que a gente não ia ao cinema em família, então aproveitamos uma sexta-feira a noite, última sessão, para finalmente assistirmos ao lançamento da Disney/Pixar. E agora eu finalmente tive tempo para escrever a resenha de Carros 3!

Carros 3

 

Sobre Carros 3

Eu confesso que nem tinha assistido ao trailer oficial para evitar os spoilers, tinha visto só alguns vídeos curtos em que mostravam as cenas do acidente. Recomendo a você assistir ao trailer antes de prosseguir com a leitura:

Como sempre acontece com os filmes da Disney/Pixar, Carros 3, que teve sua estréia em 13 de Julho, está cheio de ação e personagens que o público se identifica ou se sente envolvido de alguma maneira e claro, aquela senhora lição de moral.

Foi muito fofo ver a reação das crianças quando o Relâmpago McQueen aparece com a sua frase clássica “eu sou a velocidade!“.

Ele ainda mantém aquele espírito aventureiro e confiante, mas logo nas primeiras cenas nós podemos observar um McQueen um pouco mais maduro e experiente. Podemos perceber também que a atmosfera no mundo dos corredores, no ponto de vista do nosso protagonista, não é apenas focar na competição, mas também se divertir com os companheiros de corrida.

 

Os novos corredores e o acidente

Nós sempre vimos o McQueen como “um instrumento preciso de velocidade e aerodinâmica” (mãe de quem???), porém, no mundo de Carros a tecnologia também avança com rapidez e os novos corredores e treinamentos evoluíram muito tecnologicamente, deixando nosso querido Relâmpago meio ultrapassado.

Por ele ser um carro de corrida famoso, muitos dos novos corredores, principalmente a nova sensação das corridas, Jackson Storm, sonham em vencê-lo e fazer com que ele se aposente. Mas nós sabemos que, se tem uma coisa que o McQueen não faz é desistir (lembram dele tentando a tal da curva na areia?).

Como já mostrado no trailer, é no meio de uma daquelas calorosas corridas que o seu destino é traçado como aconteceu com o Doc e o Rei: um grande acidente que poderia dar um fim em sua carreira. :O

Após esse momento nós podemos ver um McQueen deprimido e isolado, porém sempre contando com o apoio de seus amigos de Radiator Springs, que o fazem perceber que é hora dele se adaptar as novas tecnologias, se quiser continuar no mundo das corridas.

 

Ele vai se aposentar?

Surge então a oportunidade ideal para que ele retorne as corridas: a Rusteze, que agora mudou de dono e é a número 1 em tecnologia, decide apostar alto no número 95 e coloca a treinadora Cruz Ramirez, que tem uma personalidade enérgica e cativante, para treinar McQueen. Porém, parece que o nosso amigo Relâmpago McQueen não se adéqua muito bem ao treinamento imposto pela nova Rusteze e decide fazer as coisas a sua maneira, como última tentativa.

As coisas não saem bem como ele planejava, ele se mete em confusões (para variar) junto com Cruz Ramirez e acaba ficando frustrado com a pressão e o medo de virar apenas um “garoto propaganda”. E para colocar mais lenha nessa fogueira, o eterno rival de McQueen, Chick Hicks, agora é um apresentador de TV e sua principal atração é, com o auxílio de sua repórter Natalia Certeza, fazer previsões sobre os possíveis ganhadores das corridas, além de tirar um sarro e dar muitas alfinetadas no Relâmpago.

A última chance

McQueen, que está sempre lembrando de seu mentor Doc Hudson, decide então ir buscar a ajuda de quem o ensinou o Doc, e quando finalmente encontra Smokey e outros amigos, procura ouvir seus conselhos e até saem correndo em uma floresta no meio da noite.

Enquanto tudo isso acontece, nós vamos descobrindo um pouco mais sobre Cruz Ramirez. Essa personagem me surpreendeu muito, e de forma muito positiva. Sinto que ela era aquilo que a franquia Carros precisava, e veio na melhor hora. Tenho certeza que a história dela emocionou muita gente, assim como me emocionou. Ela é uma grande amante das corridas e tinha grandes sonhos. Mas como ela se tornou treinadora? Isso você descobre assistindo a Carros 3!

Eu não esperei a cena pós-créditos, pois eu não sabia se tinha e o shopping já estava fechando (quando o filme acabou já passava da meia-noite), mas o filme TEM SIM cena pós-créditos e alguém já fez a bondade de postar no YouTube. :p

Um filme para todos

O final do filme foi uma surpresa muito agradável e abriu portas para que ainda mais histórias sejam exploradas no universo Carros. A lição (que eu não contarei aqui ainda) que o filme nos passa é tão bonita e importante que fez valer a pena cada minuto do filme.

Infelizmente, Carros ainda é tratado como um filme “para meninos”, mas algo me diz que depois de Carros 3 esse pensamento irá mudar. Eu recomendo esse filme a todas as crianças E adultos independente do gênero.

 

Dublagem de Carros 3

Eu tenho que dar os parabéns aos responsáveis pela dublagem de Carros 3. O filme estava muito bem dublado e as adaptações foram sensacionais!

Eu tinha torcido o nariz quando soube que alguns youtubers dublariam personagens, mas na hora nem notei quem foi, isso é um sinal de trabalho bem feito.

Tenho também que dizer que me surpreendi com a dublagem da Cruz Ramirez. Passei o filme todo tentando decifrar quem era a dona daquela voz meio rouca e não consegui. Pesquisando em casa descobri que é a atriz Giovana Ewbank! A Natalia certeza também ficou com uma dublagem muito legal, afinal a pessoa que emprestou sua voz tem tudo a ver com a personagem: Fernanda Gentil.

Tinha esquecido de comentar que o piloto Rubens Barrichello ( o Rubinho!) também dublou um personagem 🙂

 

Ficha técnica:

Título original: Cars 3

Ano: 2017

Diretores: Brian Fee

Estreia: 13 de Julho de 2017

Duração: 107 minutos

Gênero: Animação, Aventura, Comédia

Origem: Estados Unidos da América

 

Criança pequena no cinema

Agora falando sobre levar crianças pequenas ao cinema. Eu já comentei um pouquinho sobre a primeira vez do bebê no cinema nesse post, clique para acessar.

Tenho observado que está cada vez mais comum a presença dos pequenininhos nas salas de cinema quando temos animações em cartaz e isso é muito bom! Quando o Raul foi pela primeira vez, a experiência foi boa, apesar de ele ter dormido quase o tempo todo.

Dessa vez, agora com 3 aninhos, ele etá bem mais ativo e se virando sozinho, então tudo foi muito diferente. Para começar, ele passou quase o tempo todo sentado na própria cadeira, prestando atenção no filme (que tinha sido surpresa pra ele), porém em alguns momentos ele quis levantar ou ir para o meu colo. Em nenhum momento ele se demonstrou inseguro ou com medo da sala escura.

Ele também levou com ele um Relâmpago McQueen pequenininho (e o colocou no apoio de braço para que ele também pudesse assistir <3 ) e um suco, o que acabou distraindo-o em alguns momentos e ajudou a fazer com que ele não se cansasse de ficar sentado ali, então fica a dica para quem quer tentar levar sua criança para assistir também.

Ao final do filme ele estava realizado e não parava de falar no “Carros 3”. Tiramos uma foto as pressas e ficamos felizes por ter feito esse programa em família.

 

Related Post

Comments

comments

About Raissa

Check Also

Bolsas de Mão da RoseGal

Bolsas de Mão da RoseGal – BEDA#9

Bolsas são muito mais do que um simples item no nosso outfit, não é mesmo? …

16 comments

  1. A Sally não está no filme? Senti falta dela e do Mate no trailer :/. Não vejo a hora de poder assistir! Amo Cars, amo a trilha sonora do primeiro filme e já perdi as contas de quantas vezes vi o primeiro, haha. beijos.

    • Oi, Grazy!
      A Sally está no filme sim, mas não aparece tanto quanto no primeiro Carros 😉
      Realmente, a trilha sonora do primeiro é imbatível!

      Beijo :*

  2. Minha cunhada levou meu sobrinho, que também tem 3 anos, para assistir esse filme e é legal ver que eles começam a prestar atenção na história, né?
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

  3. Eu to louca pra ver esse filme! Desde que vi o trailer, achei mega tenso, eu e minha irmã ficamos no cinema quando vimos pela primeira vez “maaaaaaaaano” foi quase mais empolgante que o filme que iriamos ver (que já nem lembro mais qual era). Desde pequenas gostamos de Carros (e da Dsney no geral) por isso tenho muitas boas esperanças para esse filme <3

    Bites!

  4. Eu fui assistir Carros porque é minha animação favorita, já vi os outros dois várias vezes e tenho coleção das miniaturas! Eu simplismente amo! Chorei do começo ao fim com cada lembrança que esse filme trouxe dos outros dois! <3

  5. São animações infantis, mas conquistam o coração até mesmo dos adultos, e eu sou uma, confesso. Legal que mesmo nesses filmes destinados ao público mais infantil, podemos ver os personagens amadurecendo. Sou apaixonada por essa animação e mal posso esperar pra ver esse filme <3

    • Ah, eu também sou dessas, viu, Vân!
      Amo animações e desenhos em geral 😀

      Pode assistir com boas expectativas, você não vai se decepcionar!

      Um beijo :*

  6. Foi uma das melhores resenhas de um filme de animação que já li, parabéns!
    Eu estou louca pra ver Carros 3, Carros é um dos desenhos que eu mais amo, acho divertido, leve, e como você disse, para todos os gêneros e idades!
    Beijos!

  7. Oiii, tudo bem? ♥
    Eu sou a Bia no grupo Geek Nelas e como eu disse vim dar uma passadinha no seu blog e já curti a página do face e jajá vou seguir o blog ^__^
    Eu amo filmes infantis e já assisti Carros 3 e AMEEEI, me emocionei com o filme, não imaginava aquele final e eu adorei a Cruz Ramirez (ainda mais com esse nome hispânico e a personalidade fofa dela ♥)
    Que lindaaa essa fotoo do final do post *o* seus filhotinhos parecem ser uma fofura :3
    A primeira vez que eu fui no cinema foi para ver Parque dos Dinossauros (sim, uma criança vendo xDDD) pq a minha mãe ganhou o ingresso de graça e resolveu me levar XDD

    Bjinho
    Blog:ShyandBrave

    • Oi, Bia, que bom ter você aqui! <3

      Como não amar a Cruz Ramirez, né? Melhor carro <3

      Nossa, sua primeira vez no cinema deve ter sido muito épica!

      Beijo e obrigada pela visitinha no meu blog 😀

  8. Oie!

    Lembro de ter assistido há muuuuuuito tempo atrás o primeiro filme de carros, mas depois disso nunca mais retornei. Se achar por aí, talvez eu faça uma maratona dos dois primeiros e provavelmente inclua o terceiro – que até lá já deve ter saído dos cinemas. Gostei bastante da resenha, super bem detalhada, beijinhos <3

  9. Penso que é importante incentivar desde cedo uma criança a ir ao cinema. Principalmente, pelo que referiste no post: o medo do escuro. Talvez seja bom para a criança perceber que uma sala ou um quarto escuro não é ruim.

    Óptimo resenha também! Parece ser um bom filme.

    Beijo *

  10. Oi Raissa, tudo bem? Que post mais completo. A resenha ficou incrível. Já assisti o primeiro filme e é bem legal. É impossível não se envolver com a trilha sonora dos filmes da Disney/Pixar. O que mais me chama atenção nesses filmes é que não são apenas histórias, traz todo um contexto, lições de vida, e já vão ensinando coisas boas para as crianças. Aqui na minha cidade tem aumentado bastante a quantidade de crianças no cinema, algumas ficam bem comportadinhas rs parece que já nasceram dentro do cinema haha Beijos, Érika =^.^=

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *